Nos últimos anos o interesse do governo pelo tema cresceu e se traduziu na adoção de políticas públicas e programas de combate às mudanças climáticas, motivado pelo aumento de atenção da mídia e outros grupos de interesse, incluindo o setor produtivo. Dado relevante foi o anúncio pelo governo de uma meta de redução de emissões de GEE em 2009, no mesmo ano da aprovação da Política Nacional de Mudanças Climáticas pelo Congresso Nacional. Além disso, foi anunciada no final de 2010 a aprovação de decreto presidencial que regulamenta a Lei de Política Nacional de Mudanças Climáticas.
Por Guy Edwards e Cody Zeger Enquanto o México hospeda a Cúpula dos Líderes do G20 seguido esta semana pela Conferência da Rio +20, no Brasil, as credênciais climáticas  de ambos os países encontram-se sob séria avaliação .  Pouca  cooperação bilateral tem existido entre esses líderes regionais e os lideres globais, sobre mudanças climáticas. No entanto, a cooperação pode ser essencial para se alcançar uma maior ação sobre a mudança climática na América Latina e no exterior.
Quarta, 27 Junho 2012 04:43

Dilma discursa na Rio +20

Escrito por
Ainda em teste, o módulo científico Criosfera 1 inicia a transmissão de dados meteorológicos direto da Antártica para o Brasil, mais precisamente para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Esse é o resultado comemorado pelo trabalho da equipe de 15 pesquisadores brasileiros e 2 chilenos, integrantes da Expedição Criosfera, os quais estão acampados no continente gelado desde o dia 17 de dezembro de 2011.
Cientistas brasileiros inauguram nesta quinta-feira (12) o módulo científico Criosfera 1, em cerimônia a ser realizada às 19 horas em seu acampamento avançado, localizado a 84°S. Este é o primeiro módulo científico brasileiro no interior do continente antártico, pois o país possui apenas uma base na região da península.
Por Paula Ellinger da Fonseca A reforma à principal legislação florestal do Brasil dificultará o cumprimento da meta de redução de emissões assumida pelo país, disse a ex ministra do meio ambiente, Marina Silva, durante a 17º Conferência das Partes (COP) em Durban. A reforma foi aprovada na última terça-feira (06/12) pelo senado brasileiro.
Durban - Em coletiva de imprensa, André Corrêa Lago, embaixador e principal negociador do Brasil na COP 17, afirma que o novo Código Florestal não deve afetar as metas de redução do desmatamento do pais.